IAKS LAC AWARD define no ano que vem vencedores dos melhores projetos do biênio 2011/2012

São Paulo (SP) – O Sports Business, um dos maiores encontros de negócios do esporte da América Latrina, além de reunir os principais gestores do setor, também é palco da entrega do prêmio IAKS LAC AWARD de arquitetura esportiva. Os organizadores prorrogaram até 2018 a realização do concurso de arquitetura desportiva e recreativa.

Com cenário aquecido pela realização dos megaeventos em 2014 e 2016, novos conceitos de arena surgem no País e a IAKS LAC AWARD(International Association for Sports and Leisure Facilities, Section Latin America & Caribe) definirá quais serão os melhores desenhos e funcionalidades em projetos. O premiação do próximo concurso será no ano que vem durante o Sports Business.

“A continuidade da realização do concurso coroa os trabalhos realizados por arquitetos para instituições públicas e privadas, onde o Brasil deverá ter um papel de destaque principalmente por ser sede na sequência dos dois maiores eventos esportivos do planeta”, comentou Maurício Fernandes, presidente da Associação Brasileira da Indústria do Esporte (ABRIESP) um dos organizadores do Sports Business.

Outro motivo que contretiza a parceria da IAKS LAC AWARD com o Sports Business é o convite aos brasileiros para participarem do Congresso Internacional da IAKS, que ocorre em outubro deste ano, em Colônia (Alemanha). Essa será uma ótima oportunidade para mostrar que os projetistas latino-americanos são de alto nível.

Eduardo Sayeg - Abriesp, Alfredo Quiróz - IAKS LAC, Ricardo Gomes Silva - SSTUDIO, Marlene e Randal da Abriesp

“O Sport Business é a grande vitrine para mostrar as novidades da infraestrutura esportiva dos países desta região”, afirmou Alfredo Moreira Quirós, Secretário Executivo da IAKS LAC.

O prêmio – O último vencedor da categoria Estádios / Ginásios / Instalações multiuso / Centros Desportivos foi o arquiteto mineiro Bruno Campos com o seu projeto realizado no Complexo de Deodoro, no Rio de Janeiro, área que sediou competições dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro em 2007 e, recentemente, abrigou os Jogos Mundiais Militares do Rio 2011.

“Profissionais como o Bruno Campos transformam sonhos em realidade. Mudam os locais para entretenimento e lazer com soluções diferenciadas e únicas”, contou Ricardo Silva, CEO da SSTUDIO Marketing & Entretenimento.

Aconteceu no Sports Business – O Sports Business 2011 terminou na sexta-feira (19) abordando a redução fiscal para o esporte nacional como ferramenta de desenvolvimento. Outro ponto destacado pelos profissionais e autoridades do setor foi o legado que os megaeventos deixarão para o País. Só a Olimpíada, por exemplo, deve gerar impacto de U$ 51 bilhões, segundo o Governo Federal.

Durante os três dias de evento, no Palácio de Convenções do Anhembi em São Paulo, especialistas de diversas áreas da cadeia produtiva do esporte apresentaram cases de sucesso.

“As palestras foram importantes para gestores e representantes públicos definirem estratégias para fomentar o esporte no País. Mostramos o que poderá ter no Brasil nos anos de 2014 e 2016. O objetivo agora é tentar adaptar as melhores soluções com a realidade brasileira”, disse Ricardo Gomes Silva, CEO da SSTUDIO Marketing & Entretenimento e responsável pela área de conteúdo e conhecimento do Sports Business.

O debate sobre patrocínio e lei de incentivo fechou com grande estilo o evento, apontado como um dos principais da América Latina. A medida de redução fiscal mais utilizada pelos gestores é a legislação federal, que já injetou R$ 430 milhões nas modalidades desde 2008.

“A lei ajuda a consolidar o direito à pratica esportiva e fomenta as modalidades. O cenário é favorável e os empresários estão cada vez mais atuantes e agregando suas marcas e identidades ao desporto”, contou Ricardo Capelli, diretor do Ministério do Esporte.

Golfe no Sport Biz – Uma das atrações da feira em 2011 foi o mini-campo de golfe instalado pela Simon Comunicação e Eventos/Golfexpress. O especialista Ivo Simon mostrou um pouco da modalidade, que voltará aos Jogos Olímpicos no Brasil em 2016.

O golfe é praticado por 25 mil de pessoas no Brasil e movimenta R$ 100 milhões por ano em negócios. No País, os números são menores do que nos Estados Unidos, mas o potencial é enorme, principalmente em São Paulo, que concentra 60% dos campos de golfe e 40% dos jogadores “amadores”.

“Foi um atrativo diferenciado no evento. Os campos de golfe também são uma extensão de uma reunião de negócios, já que muitos empresários tomam decisões importantes praticando o esporte”, revelou Ivo Simon.

O Sports Business foi realizado pela Federação Paulista de Esportes e Fitness (FPEFIT), coordenação da Associação Brasileira da Indústria do Esporte (ABRIESP), com patrocínio da Hyundai, CAOA e Gemalto, apoio do Parque Anhembi, Getty Images Latin America, Instituto Illuminatus, All Tasks, São Paulo Convention & Visitors Bureau, CNTUR, CEBRASSE, Confederação Brasileira de Clubes, Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região – SP, Look Cultural, Organização Nacional das Entidades do Desporto, SINPEFESP e Associação Internacional para Instalações Esportivas e Recreativas – Seção América Latina e Caribe, parceria governamental com Ministério do Esporte, Lei de Incentivo ao Esporte, Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, media partner ESPN e Major Events International, empresas associadas GMF Promoções, MRZD – Consultoria Esportiva e SStudio Marketing & Entretenimento.

Mais informações: http://www.sportsbusiness.com.br

Flávio Perez – Mtb: 45562 e Andressa Rufino
E-mails: flavio@zdl.com.br e andressa@zdl.com.br
Tel: 55 11 7803-5831 Nextel 86*87510
Siga a ZDL no twitter:twitter.com/ZDLcomunica

Anúncios
Categorias: 2014, 2016, América Latina, Anhembi, Arquitetura, Brasil, CNTUR, Congresso Estadual de Lei de Incentivo, Copa do Mundo, Entretenimento, ESPN, Estádios, Gemalto, Getty Images, Hyundai, IAKS, IAKS LAC, Infraestrutura, Instalações Esportivas, Jogos Olimpicos, Marketing Esportivo, Material Esportivo, Ministério do Esporte, Palácio das Convenções do Anhembi, Prêmio, Ricardo Gomes Silva, RIO 2016, Rio de Janeiro, São Paulo, Sports Business Congress, SSTUDIO Marketing & Entretenimento, Turismo, ZDL | Deixe um comentário

Navegação de Posts

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: