Arquitetura

 

IAKS LAC AWARD define no ano que vem vencedores dos melhores projetos do biênio 2011/2012

São Paulo (SP) – O Sports Business, um dos maiores encontros de negócios do esporte da América Latrina, além de reunir os principais gestores do setor, também é palco da entrega do prêmio IAKS LAC AWARD de arquitetura esportiva. Os organizadores prorrogaram até 2018 a realização do concurso de arquitetura desportiva e recreativa.

Com cenário aquecido pela realização dos megaeventos em 2014 e 2016, novos conceitos de arena surgem no País e a IAKS LAC AWARD(International Association for Sports and Leisure Facilities, Section Latin America & Caribe) definirá quais serão os melhores desenhos e funcionalidades em projetos. O premiação do próximo concurso será no ano que vem durante o Sports Business.

“A continuidade da realização do concurso coroa os trabalhos realizados por arquitetos para instituições públicas e privadas, onde o Brasil deverá ter um papel de destaque principalmente por ser sede na sequência dos dois maiores eventos esportivos do planeta”, comentou Maurício Fernandes, presidente da Associação Brasileira da Indústria do Esporte (ABRIESP) um dos organizadores do Sports Business.

Outro motivo que contretiza a parceria da IAKS LAC AWARD com o Sports Business é o convite aos brasileiros para participarem do Congresso Internacional da IAKS, que ocorre em outubro deste ano, em Colônia (Alemanha). Essa será uma ótima oportunidade para mostrar que os projetistas latino-americanos são de alto nível.

Eduardo Sayeg - Abriesp, Alfredo Quiróz - IAKS LAC, Ricardo Gomes Silva - SSTUDIO, Marlene e Randal da Abriesp

“O Sport Business é a grande vitrine para mostrar as novidades da infraestrutura esportiva dos países desta região”, afirmou Alfredo Moreira Quirós, Secretário Executivo da IAKS LAC.

O prêmio – O último vencedor da categoria Estádios / Ginásios / Instalações multiuso / Centros Desportivos foi o arquiteto mineiro Bruno Campos com o seu projeto realizado no Complexo de Deodoro, no Rio de Janeiro, área que sediou competições dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro em 2007 e, recentemente, abrigou os Jogos Mundiais Militares do Rio 2011.

“Profissionais como o Bruno Campos transformam sonhos em realidade. Mudam os locais para entretenimento e lazer com soluções diferenciadas e únicas”, contou Ricardo Silva, CEO da SSTUDIO Marketing & Entretenimento.

Aconteceu no Sports Business – O Sports Business 2011 terminou na sexta-feira (19) abordando a redução fiscal para o esporte nacional como ferramenta de desenvolvimento. Outro ponto destacado pelos profissionais e autoridades do setor foi o legado que os megaeventos deixarão para o País. Só a Olimpíada, por exemplo, deve gerar impacto de U$ 51 bilhões, segundo o Governo Federal.

Durante os três dias de evento, no Palácio de Convenções do Anhembi em São Paulo, especialistas de diversas áreas da cadeia produtiva do esporte apresentaram cases de sucesso.

“As palestras foram importantes para gestores e representantes públicos definirem estratégias para fomentar o esporte no País. Mostramos o que poderá ter no Brasil nos anos de 2014 e 2016. O objetivo agora é tentar adaptar as melhores soluções com a realidade brasileira”, disse Ricardo Gomes Silva, CEO da SSTUDIO Marketing & Entretenimento e responsável pela área de conteúdo e conhecimento do Sports Business.

O debate sobre patrocínio e lei de incentivo fechou com grande estilo o evento, apontado como um dos principais da América Latina. A medida de redução fiscal mais utilizada pelos gestores é a legislação federal, que já injetou R$ 430 milhões nas modalidades desde 2008.

“A lei ajuda a consolidar o direito à pratica esportiva e fomenta as modalidades. O cenário é favorável e os empresários estão cada vez mais atuantes e agregando suas marcas e identidades ao desporto”, contou Ricardo Capelli, diretor do Ministério do Esporte.

Golfe no Sport Biz – Uma das atrações da feira em 2011 foi o mini-campo de golfe instalado pela Simon Comunicação e Eventos/Golfexpress. O especialista Ivo Simon mostrou um pouco da modalidade, que voltará aos Jogos Olímpicos no Brasil em 2016.

O golfe é praticado por 25 mil de pessoas no Brasil e movimenta R$ 100 milhões por ano em negócios. No País, os números são menores do que nos Estados Unidos, mas o potencial é enorme, principalmente em São Paulo, que concentra 60% dos campos de golfe e 40% dos jogadores “amadores”.

“Foi um atrativo diferenciado no evento. Os campos de golfe também são uma extensão de uma reunião de negócios, já que muitos empresários tomam decisões importantes praticando o esporte”, revelou Ivo Simon.

O Sports Business foi realizado pela Federação Paulista de Esportes e Fitness (FPEFIT), coordenação da Associação Brasileira da Indústria do Esporte (ABRIESP), com patrocínio da Hyundai, CAOA e Gemalto, apoio do Parque Anhembi, Getty Images Latin America, Instituto Illuminatus, All Tasks, São Paulo Convention & Visitors Bureau, CNTUR, CEBRASSE, Confederação Brasileira de Clubes, Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região – SP, Look Cultural, Organização Nacional das Entidades do Desporto, SINPEFESP e Associação Internacional para Instalações Esportivas e Recreativas – Seção América Latina e Caribe, parceria governamental com Ministério do Esporte, Lei de Incentivo ao Esporte, Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, media partner ESPN e Major Events International, empresas associadas GMF Promoções, MRZD – Consultoria Esportiva e SStudio Marketing & Entretenimento.

Mais informações: http://www.sportsbusiness.com.br

Flávio Perez – Mtb: 45562 e Andressa Rufino
E-mails: flavio@zdl.com.br e andressa@zdl.com.br
Tel: 55 11 7803-5831 Nextel 86*87510
Siga a ZDL no twitter:twitter.com/ZDLcomunica

Anúncios
Categorias: 2014, 2016, América Latina, Anhembi, Arquitetura, Brasil, CNTUR, Congresso Estadual de Lei de Incentivo, Copa do Mundo, Entretenimento, ESPN, Estádios, Gemalto, Getty Images, Hyundai, IAKS, IAKS LAC, Infraestrutura, Instalações Esportivas, Jogos Olimpicos, Marketing Esportivo, Material Esportivo, Ministério do Esporte, Palácio das Convenções do Anhembi, Prêmio, Ricardo Gomes Silva, RIO 2016, Rio de Janeiro, São Paulo, Sports Business Congress, SSTUDIO Marketing & Entretenimento, Turismo, ZDL | Deixe um comentário

LEI DE INCENTIVO E RUMOS DO ESPORTE NACIONAL, TEMAS DO ÚLTIMO DIA DO SPORTS BUSINESS 2011

Palestrantes abordam legado dos megaeventos no País e esperam consolidar uma política desportiva com mais investimentos

São Paulo (SP) – O Sports Business 2011 terminou nesta sexta-feira (19) abordando a redução fiscal para o esporte nacional como ferramenta de desenvolvimento. Outro ponto destacado pelos profissionais e autoridades do setor foi o legado que os megaeventos deixarão para o País. Só a Olimpíada, por exemplo, deve gerar impacto de U$ 51 bilhões, segundo o Governo Federal.

Durante os três dias de evento, no Palácio de Convenções do Anhembi em São Paulo, especialistas de diversas áreas da cadeia produtiva do esporte apresentaram cases de sucesso.

“As palestras foram importantes para gestores e representantes públicos definirem estratégias para fomentar o esporte no País. Mostramos o que poderá ter no Brasil nos anos de 2014 e 2016. O objetivo agora é tentar adaptar as melhores soluções com o jeito brasileiro”, disse Ricardo Gomes Silva, CEO da SSTUDIO Marketing & Entretenimento e mediador do Sports Business.


O debate sobre patrocínio e lei de incentivo fechou com grande estilo o evento, apontado como um dos principais da América Latina. A medida de redução fiscal mais utilizada pelos gestores é a legislação federal, que já injetou R$ 430 milhões nas modalidades desde 2008.

“A lei ajuda a consolidar o direito à pratica esportiva e fomenta as modalidades. O cenário é favorável e os empresários estão cada vez mais atuantes e agregando suas marcas e identidades ao desporto”, contou Ricardo Capelli, diretor do Ministério do Esporte.

O evento também foi palco da oitava e última etapa do Congresso Estadual de Lei de Incentivo, Gestão e Marketing. As palestras finais do cronograma foram de Adriano Gelli, proprietário da Sportlink, Florian Weingaitner, diretor da Front and Consulting, Luis Eduardo Pinheiro Lima, consultor do E.C. Pinheiros, Silva de Queirós, coordenadora da Lei Paulista de Incentivo ao Esporte, Sérgio Schildt, presidente da Recoma, José Messina, especialista em captação de recursos e Marcelo Rezende, sócio diretor da MRZD Consultoria Esportiva.

Evento começou com proposta de lei e palestras sobre Copa 2014 e Rio-2016 –Durante o primeiro dia do Sports Business, autoridades dos governos municipal e estadual prometeram levar adiante uma proposta de Lei de Incentivo Fiscal para o Esporte na cidade de São Paulo.

A proposta é voltada para empresas que apoiam o desporto na capital paulista e tem como base a renúncia fiscal de ISS e IPTU, seguindo os mesmo moldes da legislação federal e estadual já existentes.

Além disso, as palestras do congresso discutiram o desenvolvimento previsto para o Brasil com a realização da Copa 2014 e das Olimpíadas de 2016. Os painéis foram destinados aos preparativos do governo para receber os dois maiores eventos do calendário esportivo mundial.

Já as palestras do segundo painel focaram planejamento e serviços para os megaeventos. Gabriele Muraglia, diretor geral da Aggreko International, falou sobre energias temporárias durante os megaeventos.

Waldir Peres, superintendente da Agência Metropolitana de Transportes Urbanos do Rio de Janeiro, explicou como será a infraestrutura urbana para os Jogos de 2016.

Marketing esportivo domina segundo dia – Gary Pluchino – vice-presidente sênior da IMG, e Mike de Vries – consultor de comunicação e criador do Land of Ideas (Copa da Alemanha 2006). Duas autoridades reconhecidas internacionalmente nos painéis de quinta-feira(18) para salientar a importância da troca de experiências entre gestores para que o País aprenda com os erros e acertos de eventos passados.

“Todos devem estar envolvidos nesse processo de sediar um evento importante. Por isso, um congresso como o Sports Business é fundamental para a capacitação dos gestores”, contou Gary Pluchino, que participou dos últimos 10 Jogos Olímpicos (verão e inverno) e é especialista em marketing olímpico.

Além da presença internacional, Antônio Zambeli, diretor de marketing do grupo Seara/Marfrig, falou sobre as ações da empresa – que patrocina o Santos, a Fifa e a seleção brasileira – e mostrou como o esporte pode ser uma excelente ferramenta de marketing para as corporações.

Fitness também foi atração no Sports Business- Foi lançado no Sports Business o Gym X, um evento inédito promovido pela Federação Paulista de Esportes & Fitness (FPEFIT).

O Gym X é uma competição entre academias cujo objetivo é integrar academias e alunos, contribuindo para que a frequência desses alunos aumente. Para isso, dez academias da cidade de São Paulo vieram ao Sports Business nos dias 18 e 19 para conhecer melhor o projeto, regulamento e capacitar profissionais para validarem as provas. Depois dessa etapa, elas se preparam para a bateria de testes. A grande final será entre final de novembro e começo de dezembro.

Além do Gym X, foram realizadas duas aulas inaugurais dos cursos de capacitação para profissionais do mercado de fitness, promovidas pela R&V eventos. A aulas são o início de um curso de 60h horas que objetiva reciclar os profissionais da área. O curso terá oito módulos e será finalizado em dezembro.

IAKS LAC – Ainda no Sports Business foi lançada a segunda edição do Prêmio da IAKS Secção Latino Americana e Caribe, concurso de arquitetura de instalações esportivas. O prêmio, que ocorre a cada dois anos, busca reconhecer os profissionais do segmento, apresentar soluções diferenciadas e é uma oportunidade para os brasileiros mostrarem sua criatividade.

Os interessados em participar devem entrar em contato com o arquiteto Alfredo Moreira Quirós, secretário geral da IAKS LAC, pelo e-mail:
alfredo13mg@gmail.com

Sports Biz Quem participou do Sports Business também teve contato com a Sport Biz. A feira, que contou com 17 estandes, reuniu expositores dos principais setores do mercado, como infraestrutura, equipamentos, acessórios, serviços, entre outros. Destaque para um mini campo de golfe, esporte que fará parte do calendário olímpico em 2016.

“A feira surge em um cenário aquecido, que prevê novas instalações, reestruturações e uma infraestrutura mais criteriosa. A ideia é abrigar com excelência as competições. Esse é o momento ideal de fomentar todos os órgãos envolvidos para iniciar a realização de projetos e não perder oportunidades”, afirmou Maurício Fernandez, presidente da Abriesp.

O Sports Business é uma realização da Federação Paulista de Esportes e Fitness (FPEFIT), coordenação da Associação Brasileira da Indústria do Esporte (ABRIESP), com patrocínio da Hyundai, CAOA e Gemalto, apoio do Parque Anhembi, Getty Images Latin America, Instituto Illuminatus, All Tasks, São Paulo Convention & Visitors Bureau, CNTUR, CEBRASSE, Confederação Brasileira de Clubes, Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região – SP, Look Cultural, Organização Nacional das Entidades do Desporto, SINPEFESP e Associação Internacional para Instalações Esportivas e Recreativas – Seção América Latina e Caribe, parceria governamental com Ministério do Esporte, Lei de Incentivo ao Esporte, Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, media partner ESPN e Major Events International, empresas associadas GMF Promoções, MRZD – Consultoria Esportiva e SStudio Marketing & Entretenimento.

Mais informações: www.sportsbusiness.com.br

Categorias: América Latina, Anhembi, Antonio Zambelli, Arquitetura, Brasil, Caoa, CEBRASSE, cidade, CNTUR, Copa do Mundo, Educação Fisica, Entretenimento, Futebol, Gemalto, Getty Image, Getty Images, Gilmar Tadeu, Grupo Seara, Hyundai, IAKS, IAKS LAC, IMG, Instalações Esportivas, Jogos Olimpicos, Land Of Ideas, Lei de Incentivo ao esporte, Mafrig, Marketing Esportivo, Material Esportivo, Mega eventos, Mike de Vries, Ministério do Esporte, Palácio das Convenções do Anhembi, RIO 2016, Rio de Janeiro, São Paulo, SINAENCO, SSTUDIO Marketing & Entretenimento, Turismo, ZDL | Tags: , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , | Deixe um comentário

PROPOSTA DE LEI DE RENÚNCIA FISCAL PARA CAPITAL PAULISTA MARCA ABERTURA DO SPORTS BUSINESS

Representantes dos poderes municipais receberam a sugestão de redução de impostos para fomento do esporte ao poder municipal

<São Paulo (SP) – A 28ª edição do Sports Business teve início nesta quarta-feira (17) com um ciclo de palestras sobre o desenvolvimento econômico e urbano do País durante os megaeventos de 2014 e 2016. Entretanto, a proposta de lei de incentivo para a cidade de São Paulo, voltada para empresas que apoiam o desporto, ganhou destaque no primeiro dia do evento. Autoridades dos governos municipal e estadual prometeram durante o evento no Anhembi levar a ideia adiante.

O documento é baseado em renúncia fiscal de ISS e IPTU, que somam juntos por ano R$ 13 bilhões. A ABRIESP – Associação Brasileira da Indústria do Esporte – pretende atingir 0,52% desse montante. Para ser aprovada, a legislação precisa ser sancionada pelo prefeito Gilberto Kassab e pelo poder legislativo.

“A semente da lei estadual foi plantada no Sports Business e já é realidade, fomentando o esporte paulista. Nosso objetivo é levar a todos os municípios de São Paulo um projeto de redução fiscal para o desporto. Todas as cidades têm e devem incentivar as modalidades por meio de uma legislação moderna e eficaz”, disse Sérgio Schildt, vice-presidente da Abriesp.


A Associação Brasileira da Indústria do Esporte formou uma Comissão de Projetos Incentivados para redigir a Lei de Incentivo de São Paulo, que pode gerar R$ 70 milhões por ano. Santos, São José dos Campos e Campinas já aprovaram um mecanismo de incentivo ao esporte para reduzir impostos da iniciativa privada.

“Tenho certeza de que o poder municipal irá abraçar a causa e apoiará ainda mais o esporte com redução fiscal. O projeto é fundamental e justo, já que São Paulo é responsável por 70% dos atletas olímpicos do País”, comentou Henrique Guimarães , medalhista e supervisor do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa.

“O Governo Estadual não mede esforços para apoiar o esporte no Estado e realizar da melhor maneira possível os megaeventos. É uma bandeira da gestão Geraldo Alckmin. Prova disso são os 14 Centros de Excelência instalados desde janeiro. O Governo também continuará a aumentar os recursos para o Bolsa Talento, desporto na terceira idade e reformas, como a do Ibirapuera”, garantiu José Benedito Fernandes, Secretário de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo.

Incentivo – Duas leis de incentivo ao esporte já são usadas pela iniciativa privada para fomento de diversas modalidades. A legislação do Governo Federal permite que patrocínios e doações para a realização de projetos desportivos sejam descontados do imposto de renda devido.

A lei federal prevê que empresas que declaram o IR pelo lucro real poderão aplicar até 4% do imposto devido em projetos esportivos. Já a Lei de Incentivo Paulista concede redução fiscal de ICMS à iniciativa privada. Só para 2011, a projeção ultrapassará R$ 48 milhões.

Evento começa com palestras sobre Copa de 2104 e Rio-2016 – Durante o primeiro dia Sports Business, palestras com especialistas discutiram o desenvolvimento previsto para o Brasil com a realização da Copa 2014 e das Olimpíadas de 2016.

O primeiro a discursar foi Ney Campello, secretário para Copa do Mundo na Bahia. O representante nordestino destacou o legado que o Mundial deixará para o Estado. “O que lidera o nosso projeto é a Arena da Fonte Nova, uma das mais avançadas do País. Temos a garantia de entregar o estádio junto com toda estrutura da cidade em março de 2013, para poder realizar a Copa das Confederações”.

O secretário especial de articulação da Prefeitura de São Paulo para o Mundial, Gilmar Tadeu Alves Ribeiro, reforçou a importância da troca de experiências entre os gestores durante o Sports Business e disse que a capital paulista estará pronta para receber os jogos. Em setembro, a Fifa e o Comitê Organizador vão lançar a campanha de 1.000 dias para a abertura, que poderá ser na nova arena do Corinthians, em Itaquera.

Na sequência, Bernardo Carvalho – diretor-executivo da Empresa Olímpica Municipal – falou sobre a contribuição que o Rio de Janeiro poderá trazer para as demais cidades no sentido de preparação para os megaeventos. “É importante representar a Cidade Maravilhosa, porque o Rio tem hoje um calendário de eventos que nenhum outro município tem igual. Toda a cadeia produtiva do esporte está envolvida para deixar um legado para as futuras gerações”, ressaltou.

As últimas palestras da quarta-feira focaram planejamento e serviços para a Copa e Jogos Olímpicos. Gabriele Muraglia, diretor geral da Aggreko International falou sobre energias temporárias durante os megaeventos. Waldir Peres, superintendente da Agência Metropolitana de Transportes Urbanos do Rio de Janeiro, explicou como será a infraestrutura urbana para os Jogos de 2016.

Palestras de quinta-feira (18) – No segundo dia do evento, Marketing e Turismo serão os temas centrais dos painéis, que contarão com a presença de Gary Pluchino, Vice-Presidente Sênior da IMG – International Management Group e especialista em marketing olímpico; e Mike de Vries, especialista em marcas e criador do projeto “Germany – Land of Ideas (Alemanha – Terra das Ideias)”.

Programação de quinta-feira (18)
15h00-16h45 
Painel I – Mercado: Como utilizar o Esporte como Eficaz
Ferramenta de Comunicação
Participantes: Antonio Zambelli – Diretor de Marketing do Grupo
Seara/Marfrig; Ricardo Leyser – Secretário Nacional de Esporte de Alto
Rendimento no Ministério do Esporte; Gary Pluchino – Vice Presidente Sênior
da IMG – International Management Group; Ricardo Gomes Silva – CEO of
SSTUDIO – Marketing & Entretenimento (Brasil – Japão – USA).

17h15-19h00 Painel II – Turismo Esportivo: Facilidades & Impacto
Participantes: Mike de Vries – Consultor Internacional de Marketing e
Comunicação; Yuri Alexei Vieria Bastos Jorge – Diretor de Assuntos
Estratégicos da AGECOPA – Cuiabá; Virgílio Nelson da Silva Carvalho –
Diretor de Turismo da CNTur – Confederação Nacional de Turismo.

Encontro de gestores ocorre durante as manhãs – O Sports Business também está realizando o Encontro de Gestores de Esporte e Lazer, uma oportunidade para troca deknow how entre quem faz o esporte acontecer no País. Serão três reuniões diárias, todas pela manhã, que terão profissionais das áreas pública e privada. No primeiro dia, os temas dos encontros foram: Megaeventos – Capacitação e Promoção, Apresentação de Projetos no ME e Infraestrutura – Projetos.

“Capacitar os novos gestores é importante para garantir a estabilidade e honestidade no esporte. A demanda é cada vez maior, já que o País recebe importantes competições e desenvolve o marketing esportivo. Por isso, todos os envolvidos devem ouvir os relatos de quem já botou a mão na massa, principalmente os estrangeiros”, contou Júlio Filgueiras, ex-secretário Nacional de Esporte Educacional do Ministério do Esporte.

Na quinta feira (18), os encontros começam às 8h30 e seguem até 12h30. No Auditório Elis Regina, o tema é Megaeventos – Legados. Na sala 1, a discussão será sobre Apresentação de Projetos no ME, enquanto na sala 2 o tema é Infraestrutura – Execução.

Na sexta-feira (19), no Auditório Elis Regina, o encontro será sobre Lei Estadual de Incentivo ao Esporte. Na sala 1, o tema é Projetos – Siconv/Prestação de Contas, e na sala 2, a discussão será sobre Infraestrutura – Gestão. Os encontros permanecem no horário das 8h30 às 12h30.

Aula de Fitness também é atração do evento na quinta-feira O Sports Business também abordará as novas tendências do mercado de fitness. Durante o congresso, haverá a aula inaugural de dois cursos de capacitação de profissionais da área. Os cursos são promovidos pela R&V eventos.

Na quinta-feira (18), a partir das 14h, será a aula inaugural do curso de reciclagem para todas as modalidades de atividade de ginástica de academia. O curso tem coordenação do professor Ruy Calheiros, terá oito módulos (duração do curso até dezembro de 2011) – e custa R$ 300,00. A aula inaugural é gratuita.

Na sexta-feira (19) será a vez dos profissionais de sala de musculação. A aula inaugural será as 14h e o curso terá os mesmos moldes do anterior, mas com coordenação do professor Mario Charro. O curso também terá oito módulos (duração do curso até dezembro de 2011) e o valor é R$ 300,00. A aula inaugural também é gratuita.

Inscrições e informações adicionais no site: www.sportwellness.com.br

Gym X A Federação Paulista de Esportes e Fitness trouxe para o Sports Business o lançamento oficial do Gim X, uma competição entre academias cujo objetivo é quantificar esporte, saúde e bem-estar.

O Gym X teve início em junho, com visitas técnicas pré-agendada às academias da cidade de São Paulo. As academias que aderiram irão participar do lançamento na quinta-feira (18), no Palácio das Convenções do Anhembi, a partir das 14h, onde receberão orientação e os materiais de divulgação.

Na sexta-feira (19), haverá um curso de capacitação de quatro horas, composto por uma aula teórica sobre os conceitos do GymX, regulamento e modelo de funcionamento da competição. Participarão do curso cinco professores de cada uma das academias participantes, que posteriormente se tornarão árbitros da Federação Paulista de Esportes & Fitness e darão validade às provas da competição nas academias em que trabalham.

Mais informações no site: www.gymx.com.br

IAKS LAC – Ainda no Sports Business será realizada o lançamento da segunda edição do Premio da IAKS AWARD Secção Latino Americana e Caribe, concurso de arquitetura de instalações esportivas.

Sobre o Sports Business – O encontro terá fóruns apropriados para discutir, sob o prisma econômico, as políticas, meios e estratégias para desenvolver o esporte nacional em todos os seus aspectos.

Dividido em quatro temas centrais, o evento apresentará demandas, estratégias e cases de sucessos atuais dos principais líderes e profissionais do esporte mundial sobre importantes segmentos do mercado como:

• Infraestrutura e Instalações;
• Turismo Esportivo;
• Materiais e Equipamentos;
• Marketing Esportivo.

Serviço: 
28ª Sports Business – Maior Encontro de Negócios do Esporte da América Latina
17 a 19 de Agosto de 2011
Palácio das Convenções do Anhembi – São Paulo-SP

O Sports Business é uma realização da Federação Paulista de Esportes e Fitness (FPEFIT), coordenação da Associação Brasileira da Indústria do Esporte (ABRIESP), com patrocínio da Hyundai, CAOA e Gemalto, apoio do Parque Anhembi, Getty Images Latin America, Instituto Illuminatus, All Tasks, São Paulo Convention & Visitors Bureau, CNTUR, CEBRASSE, Confederação Brasileira de Clubes, Conselho Regional de Educação Física da 4ª Região – SP, Look Cultural, Organização Nacional das Entidades do Desporto, SINPEFESP e Associação Internacional para Instalações Esportivas e Recreativas – Seção América Latina e Caribe, parceria governamental com Ministério do Esporte, Lei de Incentivo ao Esporte, Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, media partner ESPN e Major Events International, empresas associadas GMF Promoções, MRZD – Consultoria Esportiva e SStudio Marketing & Entretenimento.

Mais informações: www.sportsbusiness.com.br

Flávio Perez – Mtb: 45562 e Andressa Rufino
E-mails: flavio@zdl.com.br e andressa@zdl.com.br
Tel: 55 11 7803-5831 Nextel 86*87510
Siga a ZDL no twitter:twitter.com/ZDLcomunica

Categorias: América Latina, Antonio Zambelli, Arquitetura, Bernardo Carvalho, Brasil, Caoa, CEBRASSE, cidade, Clube, CNTUR, Comunicação, Congresso Estadual de Lei de Incentivo, Copa do Mundo, Educação Fisica, Entretenimento, ESPN, Estado da Bahia, Estádios, Futebol, Gemalto, Getty Image, Getty Images, Gilmar Tadeu, Grupo Seara, Infraestrutura, Instalações Esportivas, Jogos Olimpicos, jornalistas, Lei de Incentivo ao esporte, Mafrig, Marketing Esportivo, Marketing Olimpico, Material Esportivo, Mike de Vries, Ministério do Esporte, Mundial de 2014, Palácio das Convenções do Anhembi, Patrocinadores, Prêmio, Recoma, Ricardo Leyser, RIO 2016, São Paulo, SINAENCO, Sports Business Congress, SSTUDIO Marketing & Entretenimento, ZDL | Deixe um comentário

Prêmio e encontro de arquitetura desportiva agitam o Sports Business 2011

 IAKS chega ao Sports Business premiando arquitetos e inaugurando fórum

São Paulo (SP) – A IAKS LAC (International Association for Sports and Leisure Facilities, Section Latin America & Caribe) promete agitar o Sports Business 2011, um dos maiores eventos de negócios da América Latina, que ocorre de 17 a 19 de agosto, em São Paulo. Além do lançamento da segunda edição do Concurso de Arquitetura Esportiva e Recreativa, ocorrerá também um fórum para debates. O Brasil sediará grandes eventos esportivos e as construções de novas arenas de futebol e poliesportivas já tomam conta dos noticiários.

O Concurso de Arquitetura Esportiva e Recreativa – IAKS LAC Award 2012 premia os melhores desenhos e funcionalidades em projetos dessa especialidade e retorna na segunda edição com boas expectativas já que os megaeventos fomentam a renovação das instalações esportivas no País. “O Sport Business é a grande vitrine para mostrar as novidades da infraestrutura esportiva dos países. É uma satisfação estar presente, pelo terceiro ano consecutivo, neste evento de referência internacional”, afirmou Alfredo Moreira Quirós, Secretário Executivo da IAKS LAC.

A premiação inclusive impulsionou a continuidade do fórum. “Visto o êxito, tanto em nível de projetos como de variedade, a IAKS LAC e o Sports Business deram continuidade também ao concurso. Este ano vamos realizar o segundo Encontro de Arquitetura Desportiva, no qual apresentaremos estádios e grandes instalações”, comentou Alfredo Quirós.

Outro motivo que leva a IAKS LAC para o Sports Business é o convite aos brasileiros para participarem do Congresso Internacional da IAKS, que ocorre em outubro, em Colônia (Alemanha). Essa é uma ótima oportunidade de mostrar que os projetistas latino-americanos são de alto nível.

A participação da IAKS LAC – Seção Latina Americana & Caribe no Sports Business é muito prestigiada pelos organizadores do evento. “O Sports Business gera negócios em toda a cadeia produtiva do esporte, inclusive na arquitetura”, disse o responsavel pela area de conhecimento e conteúdo e mediador do evento Ricardo Gomes Silva.

“O Prêmio IAKS LAC Award 2012 é essencial para valorizar os profissionais latino-americanos e mostrar também que o brasileiro está pronto para fazer obras que encantam o mundo”, explicou Ricardo Silva, mediador e CEO da SSTUDIO Marketing e Entretenimento.

O último vencedor da categoria Estádios / Ginásios / Instalações multiuso / Centros Desportivos foi o arquiteto mineiro Bruno Campos com o seu projeto realizado no Complexo de Deodoro, no Rio de Janeiro, área que sediou competições dos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro em 2007 e, recentemente, abrigou os Jogos Mundiais Militares do Rio 2011.

Sobre o Sports Business 2011 – O Sports Business, um dos maiores eventos de negócios da América Latina, está marcado para os dias 17,18 e 19 de agosto, no Palácio das Convenções do Anhembi em São Paulo e terá a participação dos maiores profissionais do mercado esportivo mundial.

O encontro terá fóruns apropriados para discutir, sob o prisma econômico, as políticas, meios e estratégias para desenvolver o esporte nacional em todos os seus aspectos.

• Infraestrutura e Instalações;
• Turismo Esportivo;
• Materiais e Equipamentos;
• Marketing Esportivo.

Além disso, a programação conta com encontros reservados e reuniões. Grandes nomes do mercado esportivo farão parte da programação desta edição.

Serviço:
28ª Sports Business – Maior Encontro de Negócios do Esporte da América Latina
17 a 19 de Agosto de 2011
Palácio das Convenções do Anhembi – São Paulo-SP

O Sports Business é uma realização da Federação Paulista de Esportes e Fitness (FPEFIT), coordenação da Associação Brasileira da Indústria do Esporte (ABRIESP), com patrocínio da Hyundai, CAOA e Gemalto, apoio do Parque Anhembi, Gettyimages Latin America, Instituto Illuminatus, Look Promoções, e SINPEFESP, parceria governamental com Ministério do Esporte, Lei de Incentivo ao Esporte, Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, media partner ESPN e Major Events International, empresas associadas GMF Promoções, MRZD – Consultoria Esportiva e SStudio Marketing.

Mais informações: http://www.sportsbusiness.com.br ou pelo telefone (11) 3283-3326

Flávio Perez – Mtb.: 45562 e Andressa Rufino
E-mails: flavio@zdl.com.br e andressa@zdl.com.br
Tel: 55 11 7803-5831 Nextel 86*87510
Siga a ZDL no twitter:twitter.com/ZDLcomunica

Categorias: Arquitetura, Congresso, Empresários, Entretenimento, IAKS, IAKS LAC, Infraestrutura, Investimentos, Marketing Esportivo, Material Esportivo, Ministério do Esporte, Palácio das Convenções do Anhembi, Promoção, Ricardo Gomes Silva, São Paulo, Secretaria de Esportes, SSTUDIO Marketing & Entretenimento, Turismo, Uncategorized | Deixe um comentário

Mediador do Sports Business projeta recorde de investimentos com Copa e Olimpíada

Reportagem do jornal O Estado de S.Paulo informa que País já garantiu quase U$ 4 bilhões com megaeventos

São Paulo (SP) – O Sports Business 2011será mais uma oportunidade para os profissionais do esporte comprovarem que o Brasil é a “bola da vez”. Investimentos da iniciativa privada nacional e internacional, além dos governos prometem aquecer ainda mais a economia.

Autoridades esportivas do País e organizadores de megaeventos anteriores como Pequim-2008 e da Copa da África do Sul discutem as experiências e soluções no Sports Business 2011 – um dos maiores eventos de negócios da América Latina – de 17 a 19 de agosto, em São Paulo.

Segundo o jornal “O Estado de S. Paulo”, os eventos em solo brasileiro já trazem lucro aos organizadores (COI e Fifa). A reportagem indica que a Copa do Mundo de 2014 já assegurou US$ 1,6 bilhão em patrocínios e US$ 2,2 bilhões em direitos de TV. Já para os Jogos Olímpicos, a previsão é de um faturamento de US$ 4 bilhões apenas com direitos de mídia.

Os números são favoráveis e as oportunidades não faltam. A afirmação é do mediador e organizador do Sports Business, Ricardo Gomes Silva da SSTUDIO Marketing & Entretenimento, que fez mais ressalvas.

“O Brasil tem mostrado uma economia forte e segura. Os riscos não existem e isso atrai capital estrangeiro. A rodada de discussões do Sports Business mostrará, com a visão de especialistas, que o País oferecerá resultados positivos para os investidores”.

O Sports Business 2011 terá fóruns apropriados para discutir, sob o prisma econômico, as políticas, meios e estratégias para desenvolver o esporte nacional em todos os seus aspectos. O Sports Business Congress será focado nos novos desafios do mercado brasileiro com achegada da Copa 2014 e Jogos Olímpicos 2016.

Dividido em quatro temas centrais o Sports Business Congress apresentará demandas, estratégias e cases de sucessos atuais dos principais líderes e profissionais do esporte mundial sobre importantes segmentos do mercado como:

• Infraestrutura e Instalações;
• Turismo Esportivo;
• Materiais e Equipamentos;
• Marketing Esportivo.

“Vamos mostrar o que ocorreu lá, em eventos passados, o que será no Brasil nos anos de 2014 e 2016, e tentar adaptar as melhores soluções com o jeito brasileiro”, disse Ricardo Gomes Silva da SSTUDIO Marketing & Entretenimento.

Sobre o Sports Business 2011 – O encontro, um dos maiores eventos de negócios da América Latina, chega à 28ª edição em 2011. O Sports Business está marcado para os dias 17,18 e 19 de agosto, no Palácio das Convenções do Anhembi em São Paulo e terá a participação dos maiores profissionais do mercado esportivo mundial.

A programação conta com encontros reservados, reuniões e rodadas de negócios. Grandes nomes do mercado esportivo farão parte da programação desta edição.

Sport Biz – Na mesmo período, ocorre o 28ª Sport Biz – Feira Internacional do Esporte, um espaço destinado aos fabricantes e prestadores de serviços relacionados à cadeia produtiva do esporte para apresentar produtos e conceitos em um ambiente propício e com um público-alvo direcionado.

A Feira reúne os principais segmentos do mercado esportivo nacional: infraestrutura, equipamentos, acessórios, materiais, vestuário e serviços nos setores público e privado.

Serviço:
28ª Sports Business – Maior Encontro de Negócios do Esporte da América Latina
17 a 19 de Agosto de 2011
Palácio das Convenções do Anhembi – São Paulo-SP

O Sports Business é uma realização da Federação Paulista de Esportes e Fitness (FPEFIT), coordenação da Associação Brasileira da Indústria do Esporte (ABRIESP), com patrocínio da Hyundai, CAOA e Gemalto, apoio do Parque Anhembi, Gettyimages Latin America, Instituto Illuminatus, Look Promoções, e SINPEFESP, parceria governamental com Ministério do Esporte, Lei de Incentivo ao Esporte, Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo, media partner ESPN e Major Events International, empresas associadas GMF Promoções, MRZD – Consultoria Esportiva e SStudio Marketing Entretenimento.

Mais informações: http://www.sportsbusiness.com.br ou pelo telefone (11) 3283-3326

Flávio Perez – Mtb.: 45562 e Andressa Rufino
E-mails: flavio@zdl.com.br e andressa@zdl.com.br
Tel: 55 11 7803-5831 Nextel 86*87510
Siga a ZDL no twitter:twitter.com/ZDLcomunica

Categorias: Arquitetura, Ativação, Brasil, cidade, Clube, Comunicação, Copa do Mundo, Empresários, Entretenimento, Estádios, Futebol, IAKS LAC, Infraestrutura, Instalações Esportivas, Jogos Olimpicos, Marketing Esportivo, Material Esportivo, Ministério do Esporte, Mundial de 2014, Patrocinadores, Prêmio, Promoção, São Paulo, Sports Business Congress, SSTUDIO Marketing & Entretenimento | Deixe um comentário

IAKS LAC AWARD 2010 É NOTICIA INTERNACIONAL

A realização do primeiro prêmio da I AKS LAC é noticia internacional, fruto do reconhecimento destes arquitetos latinos americanos que através do seu trabalho propiciam um local humano para o desenvolvimento do esporte em nosso continente.

Arena Puert Mont – Chile.

Categorias: Arquitetura, Comunicação, IAKS, IAKS LAC, Infraestrutura, Instalações Esportivas, Investimentos, Marketing Esportivo | Deixe um comentário

SPORTS BUSINESS 2010

Fiquei muito feliz de poder participar do rejuvenescimento da Sports Business 2010 junto com o Marcelo e Mauricio Fernandez o criador do evento, foram 03 dias de sinergia entre todos os envolvidos!

Sports Business (SB) firma-se como um dos maiores encontros de negócios da América Latina e chegou à 27ª edição com novo formato, muito mais dinâmico, já se adaptando aos novos desafios do mercado esportivo brasileiro com a chegada da Copa 2014 e Jogos Olímpicos 2016.

Com participação articulada dos maiores atores do mercado esportivo mundial, parceria com as principais entidades vinculadas ao Desporto Nacional e a integração com as três esferas governamentais, discutiu as políticas, meios e estratégias de desenvolver o esporte nacional em todos os seus aspectos.

Um ambiente interativo que possibilitou a concreta geração de negócios por meio da construção de networking e de uma série de reuniões e rodadas de negócios.

Sports Business 2010 - Networking nos intervalos

Quero deixar registrados meus agradecimentos ao todos os envolvidos no processo de criação, planejamento, desenvolvimento, organização, realização, primeiro ao Mauricio Fernandez que aceitou as mudanças, ao Marcelo e a Fernanda, companheiros de todo o processo, da marca a modulação dos painéis, da equipe da MF, dos primeiros parceiros como a ESPN, BSW, RECOMA, Deloitte, MEI, ALL TASKS, IAKS LAC, AsBEA, SINAENCO, São Paulo Convention & Visitors Bureau – SPCVB, ABRIESP, diversas esferas de Governos envolvidas, parceiros comerciais, Ivo Simon, dos fornecedores, e principalmente aos palestrantes que propiciaram momentos de encanto únicos, dividindo suas experiências com todo o público presente aos 03 dias de evento.

Nos vemos em 2011. Até lá!

Categorias: Alto Rendimento, Arquitetura, Ativação, Atletas, Comunicação, Congresso, Copa do Mundo, Entretenimento, ESPN, Estádios, IAKS, Infraestrutura, Instalações Esportivas, Investimentos, IOC, Jogos Olimpicos, Lei de Incentivo ao esporte, Marketing Esportivo, Material Esportivo, Mundial Militar, Patrocinadores, Preparação fisica, Promoção, Shows, SINAENCO, Turismo | Deixe um comentário

SPORTS BUSINESS: A IMPORTÂNCIA DOS MATERIAIS E EQUIPAMENTOS ESPORTIVOS NA PREPARAÇÃO DOS ATLETAS

Mark Verstegen, Presidente da Athlete’s Performance, e Sérgio Schildt, diretor da Recoma, foram os palestrantes do painel

O norte-americano de Seatle (Washington), hoje com 41 anos, é reconhecido mundialmente como autoridade na criação e aplicação de programas de formação de atletas de alta performance. Verstegen, fundador e presidente da Athlete’s Performance, e diretor de desempenho da NFL Player’s Association (Associação dos Jogadores da Liga Nacional de Futebol), desenvolveu a mais avançada metodologia de treinamento para atletas de alto rendimento baseada na ciência do esporte.

Em sua apresentação, Verstegen enfatizou a importância de materiais e equipamentos de alto nível que, aliados ao sistema de treinamento, contribuem decisivamente tanto para formação quanto para o prolongamento da vida útil de atletas de alto desempenho. “Além disso, é fundamental integrar treinamento, alimentação e fisioterapia no dia-a-dia de atletas profissionais e de elite”, explicou o ex-jogador de futebol americano que, devido a uma grave lesão, interrompeu precocemente sua carreira.

Sports Business 2010 - Mark Vergesten Athlete's Performance

O mundo pode ter perdido um atleta, mas ganhou um especialista no treinamento de alto rendimento. “O meu problema se tornou uma grande oportunidade. Como parei de jogar, pude me dedicar totalmente ao estudo da performance de atletas e criar uma metodologia que tem contribuído para a formação de novos talentos.

No mundo tecnológico de hoje, a Athlete’s Performance pode trazer os melhores sistemas e as melhores práticas usadas globalmente para o Brasil incorporar ao seu próprio jeito e, desta forma, proporcionar o que há de melhor no mundo para os atletas deste país”, destacou o norte-americano.

De acordo com Ricardo Gomes, diretor-presidente do SSTUDIO Marketing, Entretenimento, a passagem de Mark Verstegen pelo Brasil também contribuiu para mostrar que o papel da iniciativa privada é fundamental para a formação de atletas. “Como consultor, Verstegen participa da construção de inúmeros centros de treinamento pelo mundo, e essa responsabilidade não é apenas dos governos ou confederações esportivas, mas das empresas do setor privado. Sem elas, não seria possível a execução de tantos projetos importantes para o desenvolvimento de atletas de alto rendimento”.

Depois de Verstegen, foi a vez de Sérgio Schildt fazer sua apresentação. Ele salientou a importância de construir equipamentos e materiais de acordo com as normas internacionais. “Ainda hoje é possível ver competições sendo realizadas em pisos inadequados, ginásios sem sistema de ventilação, iluminação urbana sendo utilizada como iluminação esportiva etc”, informa Schildt. “Apesar de o Brasil ter vários centros de treinamento, ginásios e estádios de primeira linha, tem também o oposto nas áreas mais periféricas”, constatou. Segundo Schildt, é preciso levar esse conhecimento a todos os lugares, pois nunca sabemos onde podem estar talentos do esporte, que se não treinarem e competirem em condições ideais, não poderão se desenvolver.

Amanhã (sexta), último dia do Sports Business, a programação voltada ao marketing esportivo prevê a realização de quatro painéis:

9h – 10h45: Painel I – O marketing do futebol em tempos de Copa

11h15 – 13h: Painel II – O marketing dos Jogos Olímpicos

15h – 16h45: Painel III – A relação entre os grandes eventos esportivos, suas cidades-sedes e seus patrocinadores

17h15 – 19h: Painel IV: Leis de Incentivo ao Esporte

Sports Business é uma realização da Federação Paulista de Esportes e Fitness, com patrocínio da Deloitte e apoio do São Paulo Convention Bureau, Parque Anhembi, Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo do Estado de São Paulo, Lei de Incentivo ao Esporte e Ministério do Esporte, empresas associadas GMF Promoções, MRZD Consultoria Esportiva e SStudio Marketing.

Categorias: Alto Rendimento, Arquitetura, Athlete's Performance, Atletas, Clube, Copa do Mundo, Infraestrutura, Instalações Esportivas, Investimentos, Jogos Olimpicos, Mark Verstegen, Marketing Esportivo, Material Esportivo, Ministério do Esporte, Preparação fisica, Recoma, SSTUDIO Marketin & Entretenimento | Deixe um comentário

SPORTS BUSINESS 2010 – I IAKS LAC AWARD

Sports Business (SB) um dos maiores encontros de negócios da América Latina e chega à 27ª edição com novo formato, muito mais dinâmico, já se adaptando aos novos desafios do mercado esportivo brasileiro com a chegada da Copa 2014 e Jogos Olímpicos 2016.

Foi realizado simultaneamente:

Pela primeira vez, o concurso I IAKS LATIN AMERICA AWARD e a cerimônia de premição foi no dia 25 de agosto, em jantar realizado durante o Sports Business.

Realizado pela IAKS LAC (International Association for Sports and Leisure Facilities, Section Latin America & Caribe), o concurso premiou as instalações esportivas e recreativas em operação há pelo menos um ano, levando-se em conta a funcionalidade, a qualidade do projeto arquitetônico, a utilização de material e tecnologias de conservação de energia e integração aos contextos urbanos e rurais.

As exigências do concurso são semelhantes às do Prêmio IOC/IAKS, instituído em 1987, que é conferido a cada dois anos pelo Comitê Olímpico Internacional (COI), de Lausanne (SUI), e Associação Internacional para Instalações Esportivas e Recreativas (IAKS), de Colônia (ALE).

Divididos em duas categorias: A (estádios/ginásios, pavilhões multiuso, centros esportivos) e B (piscinas ou instalações aquáticas, academias, SPA’s, clubes, parques ou instalações especiais/outros) – os projetos selecionados pelo júri, classificados em ouro, prata e bronze, serão contemplados com o I IAKS LATIN AMERICA AWARD.

1 IAKS LAC Award - Ricardo Gomes Silva

IAKS LAC AWARD - JURI - Klaus Meinel, Patricia Totaro, Carlos de La Corte, Alfredo Quirós

IAKS LAC AWARD - Vencedor Cat. A - Bruno Campos (Ouro) BCFM & Peter Breuer - BSW

IAKS LAC AWARD - Vencedor Cat.B - Daniel Kervokian & Sergio Schildt - Recoma

IAKS LAC AWARD - Peter Breuer, carlos de La Corte, Alfredo Quirós, Ricardo Gomes, Sérgio Schildt

IAKS LAC AWARD - Arq. Bruno Campos atendendo a imprensa

Quero deixar registrados meus agradecimentos ao todos que contribuíram para a realização deste primeiro prêmio, nas pessoas de:

Jorge Hellers, Alfredo Quirós, Klaus Meinel, Carlos de La Corte, Patricia Totaro, José Luis Bernasconi, IAKS, IAKS Seção Latino Americana, BSW, RECOMA, AsBEA e Sinaenco e todos os arquitetos que participaram do concurso.

Nos vemos em 2012. Até lá!

Vamos em frente!

Categorias: Alto Rendimento, Arquitetura, Atletas, Clube, Comunicação, Congresso, Copa do Mundo, Entretenimento, Estádios, IAKS, Infraestrutura, Instalações Esportivas, IOC, Jogos Olimpicos, Marketing Esportivo, Mundial Militar, Patrocinadores, Prêmio, Preparação fisica, Turismo | Deixe um comentário

SPORTS BUSINESS – 2010 – Painéis do Primeiro dia

O grande tema debatido na abertura (encerrada ontem à noite) no Sports Business foi “Infraestrutura e Instalações”. Dividido em dois painéis – Arquitetura nos megaeventos: legado e sua importância para as cidades; e Investimentos, e Infraestrutura e Impactos – os seis palestrantes abordaram pontos fundamentais para o sucesso dos megaeventos que o Brasil sediará até 2016.

Carlos de La Corte, consultor Técnico da Copa do Mundo 2014, explicou que os projetos de modernização da infraestrutura das cidades que os eventos exigem podem trazer transtornos, mas o importante é o legado em benefícios sociais que ficam para o país.

Alfredo Moreira Quiros, secretário geral da IAKS, falou da importância que deve ser dada a qualquer projeto. “É preciso analisar se um ginásio vai ser para amadores ou para atletas de performance, contratar os materiais adequados, realizar obras urbanas, pensar no conforto que oferecerá aos usuários e como será seu rendimento para ter sustentabilidade e não se transformar em um elefante branco e cair em desuso”.

A apresentação de Christopher Lee, diretor Senior da Populous, responsável pelo overlay da Copa do Mundo da Alemanha e Copa das Confederações, além de ter organizado o Plano Diretor da Copa na África do Sul, apresentou um vídeo com animação gráfica de como os projetistas se inspiram em cenas do cotidiano, mencionando casos reais de como uma simples observação de uma pipa e uma roda gigante se transformaram em estádios reais. Outra apresentação interessante foi a de projetos de estádios desde 1950 até os dias de hoje.

Robson Calil, sócio-diretor da Deloitte, patrocinadora do evento, destacou, no segundo painel da tarde – Investimentos, Infraestrutura e Impactos – a importância do planejamento e da organização para que os megaeventos como a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 sejam grandes sucessos, afirmação que foi endossada pelos outros dois palestrantes que participaram desse painel.

A apresentação de Rainer Quenzer, diretor de planejamento da Nüssli International AG, focou, principalmente, as estruturas temporárias: os assentos da arena de basquete que está sendo construída para as Olimpíadas de Londres 2012, serão deslocados para outros locais da cidade (clubes e escolas) depois dos Jogos.

“O que fazer com o estádio depois dos grandes eventos para os quais foram construídos? Como reciclar os equipamentos (estádios/ginásios) ou os elementos de construção? Essas são questões que precisam ser respondidas para somente então dar início ao planejamento do projeto”, afirmou o arquiteto. Quenzer finalizou sua palestra dizendo que uma estrutura deve ser moderna, bonita, mas utilizar arquitetura funcional; também precisa ser flexível em sua utilização (vários esportes, diversos objetivos), e aumentado ou diminuído de acordo com a demanda.

Quatro semanas de festa não podem se transformar em anos de ressaca para pagar a conta”, pontuou José Roberto Bernasconi, Presidente do Sinaenco, Regional SP. “A Copa do Mundo é muito mais que uma competição esportiva entre 32 seleções nacionais. É uma oportunidade de transformação, de legado para as cidades-sedes, a exemplo do que está acontecendo com a revitalização da zona leste, deteriorada, de Londres”, completou.

Representante Embratur, Robson Calil - Deloitte, José R. Bernasconi - Sinaenco, Ricardo Gomes Silva - SSTUDIO

Bernasconi avisou que já estamos atrasados em várias áreas da infraestrutura como aeroportos/transporte aéreo, cuja demanda vem crescendo e que vai aumentar ainda mais na época dos megaeventos, e recomendou: “temos que fazer parcerias público-privadas ou concessões para executar as obras necessárias, senão não conseguiremos concluí-las em tempo hábil”. O engenheiro ainda disse: “Temos de aparecer como vitrina e não como vidraça”.

Sports Business é uma realização da Federação Paulista de Esportes e Fitness, com patrocínio da Deloitte e apoio do São Paulo Convention Bureau, Parque Anhembi, Secretaria de Esporte, Lazer e Turismo do Estado de São Paulo, Lei de Incentivo ao Esporte e Ministério do Esporte, empresas associadas GMF Promoções, MRZD Consultoria Esportiva e SStudio Marketing.

Categorias: Arquitetura, Carlos de La Corte, Congresso, Copa do Mundo, Deloitte, Estádios, IAKS, Infraestrutura, Instalações Esportivas, Investimentos, Marketing Esportivo, Material Esportivo, Populous, SINAENCO | Deixe um comentário

Blog no WordPress.com.